Skip to content

waykaricasicomppemondmittthedosin.xyz

pity, that now can not express late..

Thrash Metal

9 thoughts on “ III. Courante - Glenn Gould - Variações - O Melhor de Bach (CD)

  1. N a primeira, de , G. Gould toca com o temperamento encantador de um garoto de 22 anos de idade e liberta a peça de toda a patina que adquiriu ao longo do tempo. N a gravação de , ele parece ter perdido todo o brilho virtuoso, deixando uma interpretação madura e claramente disposta da rara beleza e intimidade que se tem de saber se.
  2. Gould foi uma espécie de James Dean do piano: um galã misterioso, excêntrico e carismático, que surgiu como um clarão e morreu cedo demais. Gould fez seu primeiro recital solo aos 15 anos. Sua primeira gravação, das “Variações Goldberg”, de Bach, caiu como uma bomba na cena de .
  3. Discover releases, reviews, track listings, recommendations, and more about Glenn Gould - The Gould Variations - The Best Of Glenn Gould's Bach at Discogs. Complete your Glenn Gould collection/5(4).
  4. Uma investigação em 32 partes sobre a mente e a alma do virtuoso ereverenciado pianista Glenn Gould. Cada um dos 32 curtas contémuma abordagem distinta, formando um mosaico impressionista que buscadesvendar a enigmática personalidade de um dos maiores artistas do nossotempo.
  5. 1 - Vinheta na voz de Glenn Gould (trecho de "A Glenn Gould Fantasy") 2 - "So you want to write a fugue?", de Glenn Gould. Com Elizabeth Benson-Guy, soprano. Anita Darian, mezzo-soprano. Charles Bressler, tenor. Donald Gramm, barítono. The Juilliard String Quartet. 3 - "O voo do besouro", de Rimsky-Korsakov. Com Wynton Marsalis, trompete.
  6. Goldberg era o melhor aluno de Bach. Foi descrito como “um rapaz esquisito, melancólico e obstinado” que, ao tocar, “escolhia de propósito as peças mais difíceis”. dirão vocês, “depois de nos entupir de Glenn Gould, o cara vem trazer os sacrossantos CONCERTOS DE BRANDENBURG numa REDUÇÃO para III. Courante Lute.
  7. Glenn Gould, piano CBS (depois Sony) Além de um excelente CD, a capa original é brilhante. a leitura de Mackerras é ainda o que de melhor ouvi para essa partitura. O CD de Pollini e o Messiaen moram em meu ventrículo esquerdo, que é onde o coração bate mais forte. Grande abraço! José Farias.
  8. Como o vídeo Bach & Friends demonstra bem, cada pessoa é afetada diferentemente com o trabalho de Glenn Gould e o que mais me atrai nele é uma espécie de força vulcânica vital, uma espécie de larva quente que toma conta do ambiente quando se escuta, digamos, as Variações Goldberg. Eu concordo totalmente com Chris Thiler quando disse.

Leave a Comment